Textos

Vida breve
Caminho
Sob as cerejeiras em flor.
Contemplo e medito...
Meu coração,
Em sintonia com a natureza,
Se abre em cor.

Já finda o dia...
O vento sopra
Levando as ilusões.
As flores das cerejeiras
Num instante se vão.

Pode o tempo passar,
Pode a vida desbotar,
Mas fica eternizado,
Na retina do meu olhar,
Este poema róseo
Da beleza tão fugaz.

    Campos de Jordão- julho/2018
Mari Watanabe
Enviado por Mari Watanabe em 20/02/2018
Alterado em 10/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr