Textos

A VOZ DO CORAÇÃO
Quando me vejo indecisa,
Perdida e atormentada
Entre a razão e a emoção,
O impasse se instala.
O bom senso me falta.
Fico sem ação!

Luto entre a cruz e a espada.
Quando me inclino para um lado,
Me pego sondando o outro.
Todas gritam alto.
Que batalha insana.
Dura decisão!

Quando me vejo desnorteada,
No meio da encruzilhada,
Uma voz chega de mansinho
E sussurra nos meus ouvidos.
Fica à espera no cantinho
Até que eu recupere o juízo.

A voz que me devolve o rumo
É a voz do coração.
Diz que devo ouvi-lo.
Não posso impedi-lo,
Pois ele sempre tem razão
Na hora da indecisão!
Mari Watanabe
Enviado por Mari Watanabe em 13/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr